Você sabe o que é eritroblastose fetal e como prevenir?

A eritroblastose fetal ou doença de Rhesus, é uma doença hemolítica por incompatibilidade de Rh. Também chamada de doença hemolítica do recém-nascido.

Tantos nomes complicados traduzem algo simples de entender. Se o Rh da criança e da mãe forem incompatíveis, pode ocorrer a aglutinação do sangue da criança pelos anticorpos do sangue da mãe.

Quando isso acontece

Para isto acontecer são precisos três fatores em conjunto:

  1. A mãe deve ter Rh negativo (não importa o grupo sanguíneo).
  2. O pai deve ter  Rh positivo (não importa o grupo sanguíneo).
  3. A criança deverá ter Rh positivo (não importa o grupo sanguíneo).

Se estas três condições existirem a eritroblastose poderá ocorrer. Mas ela só atacará a segunda criança do casal que tiver Rh positivo, pois a mãe demora para fabricar os primeiros anticorpos. Por isso normalmente a primeira criança com Rh positivo, filha de mãe Rh negativo, não apresenta esta doença.

Problemas para a criança

Dependendo do grau de sensibilização da mãe, a criança poderá ter uma anemia profunda, e o recém-nascido adquire icterícia (pele amarelada), devido ao acúmulo de bilirrubina, produzida no fígado a partir de hemoglobina das hemácias destruídas.

Como prevenir

É importante que o casal saiba seu tipo de Rh. Quando sabemos nosso tipo de sangue, normalmente ele vem representado por uma letra e um sinal, por exemplo B+ .   A letra B é o grupo sanguíneo e o sinal + é o Rh. Desta forma temos pessoas com Rh positivo e negativo.

Se um casal se encaixa nas condições acima (ela Rh negativo e ele Rh positivo), devem procurar um médico para que seja administrada uma vacina específica para estes casos, além de cuidados especiais durante a gestação.

Por em 8 jun 2012. Arquivado em Saúde. Você pode acompanhar quaisquer comentário a esta notícia através do RSS 2.0. Comentários e pings estão fechados no momento.

Comentários fechados.

Design by Design in Site
Todos os direitos reservados. Gazeta 24 horas.